Menu Lateral
 
Entre Rios de Minas, 23 de Abril de 2017 :: 93 visitantes online.

Santa Manoelina dos Coqueiros

Na década de 30 a cidade sofreu com um surto de pessoas que, vindas de todas as partes do Brasil, buscavam chegar a comunidade dos Coqueiros em busca de um milagre que atendia por nome de Manoelina Maria de Jesus, uma moça simples, pobre, honesta, fervorosa e que vivia com o terço a mão cantando benditos, dizem que se alimentava apenas de vinho e água. Ela ficou nacionalmente por seus milagres, o que levava pessoas de todos os cantos do Brasil até Entre Rios em busca da moça.

Quando tinha 16 anos, foi curada de uma tuberculose, segundo ela por um anjo que lhe avisou que deveria fazer caridade a todos que necessitassem. A partir daí começou a ajudar os outros, vestia-se de uma túnica azul comprida e um véu branco na cabeça e dormia em um catre de madeira, sem colchão nem roupa de cama.

A fama milagrosa da santa foi destaque em importantes veículos de comunicação da época como a Revista “O Cruzeiro” e o Jornal “A Noite”, e a sua fama de santa foi se espalhando. Ela atendia as pessoas em um cômodo de terra batida, benzia água que era distribuía para as pessoas, rezava e pedia que rezassem, normalmente não receitava remédios.

Devido a repercussão gerada em torno de seu nome, em 1931, juntamente com sua família, ela mudou-se para Dom Silvério, distrito da cidade de Bonfim. Vítima de uma anemia profunda, Manoelina faleceu aos 49 anos de idade, em 14 de março de 1960, na cidade de Crucilândia (MG) aonde residia e foi enterrada. Até hoje a santa é lembrada por importantes estudiosos da área do espiritismo, principalmente os seguidores de Alan Kardec que a citam como uma das primeiras expressões da área.


Mais Notícias

(c) 2017 - Prefeitura Municipal de Entre Rios de Minas
Endereço: Praça Coronel Joaquim Resende, nº 69 Cep: 35.490-000 - Cidade: Entre Rios de Minas / MG
Tel.: (31) 3751-1232 - Email: pmcomunicacao@entreriosdeminas.mg.gov.br

Versão: 2017.04.10
Alternar para Versão Mobile
Desenvolvido por: